Avaliação da dinâmica social dos municípios mineiros criados após a constituição federal de 1988

  • Marcos Antônio Nunes
  • Ricardo Alexandrino Garcia
  • Carlos Lobo

Resumo

 


Após a aprovação da Constituição Federal de 1988, verificou-se no Brasil uma corrida emancipacionista distrital em quase todas as unidades federativas. Em Minas Gerais, foram 130 municípios entre 1988 e 2019. A pesquisa explora a evolução do Índice Mineiro de Responsabilidade Social (IMRS), para os anos de 2000, 2010 e 2016, com o objetivo de mensurar o grau de sucesso das emancipações distritais que ocorreram naquele período em Minas Gerais e as possíveis conquistas sociais. Primeiramente, calculou-se a variação do crescimento do IMRS de cada município nos períodos de 2000-2010 e 2000-2016. Após tratamento estatístico, observou-se que as dimensões que correspondem à área social foram as que mais contribuíram para o incremento do IMRS dos municípios analisados no período, com destaque para a dimensão "saúde" por ter sido a que mais impactou positivamente neste crescimento.

Publicado
2019-12-19
Como Citar
NUNES, Marcos Antônio; GARCIA, Ricardo Alexandrino; LOBO, Carlos. Avaliação da dinâmica social dos municípios mineiros criados após a constituição federal de 1988. Revista Espinhaço | UFVJM, [S.l.], p. 36-46, dec. 2019. ISSN 2317-0611. Disponível em: <http://revistaespinhaco.com/index.php/journal/article/view/273>. Acesso em: 01 june 2020.
Seção
Artigos