As migrações e a urbanização no Brasil a partir da década de 1950: um breve histórico e uma reflexão à luz das teorias de migração

  • Rodrigo Coelho de Carvalho

Resumo

A compreensão dos mecanismos de (re)distribuição espacial da população brasileira atualmente, devido à sua magnitude e complexidade, consiste em um grande desafio para geógrafos, economistas, demógrafos e estudiosos de diversas outras áreas do conhecimento. O objetivo do presente artigo é fazer um breve histórico das migrações e da urbanização no Brasil a partir da década de 1950, com base em uma revisão da bibliografia. Os processos de redistribuição da população no território e a reconfiguração do sistema urbano nacional foram avaliados à luz das principais teorias migratórias, utilizadas como ferramentas de interpretação e análise. Os fundamentos básicos dessas teorias, suas convergências, divergências e a aplicabilidade ao caso brasileiro são apresentadas ao longo do texto. Foram abordadas, entre outras questões, a discussão sobre a relação entre migrações e desenvolvimento e os efeitos da transição demográfica nas migrações internas do país.


 

Publicado
2019-07-21
Como Citar
CARVALHO, Rodrigo Coelho de. As migrações e a urbanização no Brasil a partir da década de 1950: um breve histórico e uma reflexão à luz das teorias de migração. Revista Espinhaço | UFVJM, [S.l.], p. 24-33, july 2019. ISSN 2317-0611. Disponível em: <http://revistaespinhaco.com/index.php/journal/article/view/250>. Acesso em: 12 dec. 2019.
Seção
Artigos