Uma nova abordagem para a geovisualização de dados de segurança pública: o caso do ministério público do Rio Grande do Norte

  • Josemberg Pessoa Borges
  • Matheus Pereira Libório
  • Paula Barreto Haddad

Resumo

Nessa pesquisa abordamos problemas associados às informações sem contexto espacial na segurança pública, mais especificamente no Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN). Mostramos que informações sem contexto espacial dificultam a análise investigativa, podendo aumentar o tempo de investigação e enfraquecer estratégias. Para tratar este problema, investigamos o uso das geotecnologias no contexto da gestão pública, dando ênfase à gestão da segurança pública. Identificamos na literatura o uso significativo de geotecnologias no tratamento de dados de segurança pública nas áreas criminais, mas não nas áreas cíveis e administrativas. Exploramos essa lacuna, estruturando e desenvolvendo um geovisualizador das ocorrências registradas no MPRN. Estruturado a partir de entrevistas com promotores de justiça, e desenvolvido por meio de API do Google Maps, o geovisualizador contribui para: i) correlacionar (visualmente) investigações por proximidade; ii) reduzir o tempo nos deslocamentos nas áreas de trabalho; e iii) ampliar a capacidade investigativa da instituição.

Publicado
2019-07-21
Como Citar
BORGES, Josemberg Pessoa; LIBÓRIO, Matheus Pereira; HADDAD, Paula Barreto. Uma nova abordagem para a geovisualização de dados de segurança pública: o caso do ministério público do Rio Grande do Norte. Revista Espinhaço | UFVJM, [S.l.], p. 34-42, july 2019. ISSN 2317-0611. Disponível em: <http://revistaespinhaco.com/index.php/journal/article/view/245>. Acesso em: 12 dec. 2019.
Seção
Artigos