Percepções sobre conflitos socioambientais de comunidades do entorno do Parque Estadual do Biribiri, Diamantina, Minas Gerais

  • Marcelino Santos de Morais
  • Bernardo Machado Gontijo
  • Danielle Piuzana Mucida

Resumo

Esta pesquisa tem como foco populações localizadas em zona de amortecimento do Parque Estadual do Biribiri, município de Diamantina, Alto Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais. Busca-se entender o processo de criação da Unidade de Conservação, tendo em vista os atores sociais envolvidos e as modificações trazidas à população do entorno. Para tanto foram analisados o Plano de Manejo e a legislação ambiental vigente, além de informações coletadas em entrevistas semi-estruturadas, de modo a investigar a possibilidade de conflitos socioambientais entre estas populações e a área protegida. A análise do contexto socioespacial pós implementação da unidade de conservação permite concluir que há um grande distanciamento entre comunidades e parque, em decorrência de restrições ao uso de recursos naturais e ao território.

Publicado
2019-02-19
Como Citar
MORAIS, Marcelino Santos de; GONTIJO, Bernardo Machado; MUCIDA, Danielle Piuzana. Percepções sobre conflitos socioambientais de comunidades do entorno do Parque Estadual do Biribiri, Diamantina, Minas Gerais. Revista Espinhaço | UFVJM, [S.l.], p. 2-11, feb. 2019. ISSN 2317-0611. Disponível em: <http://revistaespinhaco.com/index.php/journal/article/view/219>. Acesso em: 24 mar. 2019.
Seção
Artigos