O sítio arqueológico Sampaio, Alto Vale do Araçuaí, Felício dos Santos, Minas Gerais: paisagem, cronologia, e repertório cultural para compreensão das ocupações humanas antigas no Espinhaço Meridional

  • Marcelo Fagundes
  • Hernando Baggio Filho
  • Alexandre Christófaro Silva
  • Wellington Santos Greco
  • Marcelo Aroeira D’Ávila
  • Landerson Gomes Galvão

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar as análises integradas e interdisciplinares que foram realizadas no sítio Sampaio, município de Felício dos Santos, Minas Gerais. Trata-se de um abrigo sob rocha implantado em média vertente na bacia do Rio Araçuaí, nordeste do estado, em meio ao bioma do Cerrado. Escavado pela equipe do Laboratório de Arqueologia e Estudo da Paisagem (LAEP/UFVJM), nele foi exumado um importante conjunto artefatual lítico, além da identificação de várias estruturas de combustão, sendo que a estrutura 03 obteve cronologia de 4280 ± 30 anos A.P., data de suma importância para as discussões acerca das ocupações humanas no Planalto Central Brasileiro. Além disso, o sítio apresenta um conjunto rupestre significativo, com temática geralmente associada à tradição Planalto de Arte Rupestre. Assim, o texto irá discutir os resultados das análises do sítio arqueológico (das prospecções, escavação e atividades laboratoriais), apresentando dados geoambientais regionais, as análises de seu repertório cultural e cronologia.

Publicado
2017-12-20
Como Citar
FAGUNDES, Marcelo et al. O sítio arqueológico Sampaio, Alto Vale do Araçuaí, Felício dos Santos, Minas Gerais: paisagem, cronologia, e repertório cultural para compreensão das ocupações humanas antigas no Espinhaço Meridional. Revista Espinhaço | UFVJM, [S.l.], p. 65-76, dec. 2017. ISSN 2317-0611. Disponível em: <http://revistaespinhaco.com/index.php/journal/article/view/175>. Acesso em: 20 may 2018.
Seção
Artigos